Novidades

O francês será a língua mais falada em 2050!


Conforme um estudo realizado pelo Banco Natixis, a língua francesa deverá se tornar a mais falada no mundo até 2050, tomando a frente da inglesa e do mandarim. São conclusões que a revista americana, “Forbes”, ameniza.


A língua de Molière superará a de Shakespeare em 2050?

É o que leva a supor um estudo realizado pelo Banco Natixis e retomado pela revista Forbes.

De acordo com a enquete dirigida pelo estabelecimento bancário, o francês se tornaria a língua mais falada no mundo tomando a frente da inglesa e do mandarim graças a sua ancoragem nas zonas mais dinâmicas do mundo. Segundo projeções do Instituto de Estudos Nacionais Demográficos (INED), a África deverá ver sua população passar de 800 milhões a 4,5 bilhões em 2100.
Assim, em 2050, o francês deverá ser falado por 750 milhões de pessoas no mundo. A título de comparação, 220 milhões de francófonos foram recenseados em 2010.


O francês oficialmente falado em 32 países

Uma teoria que pode ser contestada, conforme a revista americana. Em seu estudo, a Natixis considerou como francófonos todos os habitantes dos países onde o francês é língua oficial, “o que não será mais o caso”, relativiza a Forbes.

“As projeções demográficas são efetivamente impressionantes, mas elas não levam em conta a coexistência das línguas, que é a realidade em certos países”, acrescenta Alexandre Wolf, responsável do Observatório da língua francesa.

Oficialmente, o francês falado em 32 países, coabita com outras línguas, como no Senegal onde o “wolof” (ou “uólofe”) predomina. Na realidade, o inglês deverá continuar como a língua mais falada no mundo neste prazo, conclui o cientista francês.

Shakespeare pode descansar em paz!

 

Crie um diferencial e aprenda o francês no IFESP! Não perca tempo, invista em você agora!

Não sabe o seu nível? Faça o teste de nível de francês. É gratuito e sem compromisso.

AddThis Social Bookmark Button



Assine nossa Newsletter



{rsform 52}

*Ao inserir seus dados nesta página, você concorda que o IFESP, se utilize dos dados pessoais fornecidos, para envio de informações a respeito de eventos, produtos e serviços, comprometendo-se o mesmo ao sigilo e proteção da privacidade dos visitantes.

EVENTOS


 

 

DEPOIMENTOS

Conheci o IFESP através do Cendotec em São Paulo, e comecei a fazer a Prepa TCF, obtive êxito no exame com uma excelente nota. Em seguida comecei a fazer Prepa Sciences Po sem acreditar muito que iria conseguir, porém percebi que graças ao altíssimo nível da professora Alexandrine Brami Celentano e ao meu próprio esforço a minha admissão poderia ser possível, então me dediquei e fui admitido na Sciences Po, uma das melhores institu...

Fauzi Zogheib Filho
Cursou o Preparatório Sciences Po 1 e 2, e o Preparatório para o TCF.
Feb 14, 2007